Uma das atividades que mais teve que se reinventar em 2020, o turismo vem superando os desafios e teve grandes conquistas. A Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul trabalhou dia após dia implementando ações e buscando soluções para que o setor sul-mato-grossense pudesse enfrentar a crise instaurada pela pandemia do novo coronavírus e para se recuperar neste ano tão atípico.

O ano começou com a apresentação do planejamento estratégico das ações de fomento para o setor ao Conselho Estadual de Turismo (CET). Com o início das medidas de enfrentamento à pandemia orientadas pelo Governo Estadual, a Fundação de Turismo do MS e o CET se reuniram extraordinariamente para discutir readequações ao planejamento estratégico apresentado e avaliar impactos no setor, com o apoio de entidades parcerias e do próprio trade turístico.

Já no mês de abril a Fundtur, a Semagro (Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar) e o CET reuniram-se virtualmente com os superintendentes de instituições financeiras (Banco do Brasil e Sicredi) para negociar crédito emergencial em apoio a empresas do turismo de Mato Grosso do Sul.

Ainda no mês de abril foi assinado um Termo de Compromisso entre Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul, entidades representantes do turismo estadual e Procon, com o objetivo de proteger o consumidor e os empresário do setor turístico durante negociações das reservas já confirmadas e que, eventualmente, pudessem ser suspensas temporariamente devido à situação da pandemia.

Em maio, a Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul (Fundtur MS) também se reuniu por videoconferência com o Sebrae-MS e as principais Instâncias de Governança Regionais (IGRs) do Estado para alinhamento das estratégias de retomada das atividades turísticas, em consonância com as medidas governamentais de biossegurança e distanciamento social.

No mês de junho, a Fundtur MS lançou oficialmente o Plano de Retomada do Turismo de Mato Grosso do Sul. “Estamos em trabalho contínuo de articulação política e institucional junto ao Governo Federal via Fundação de Turismo, Fornatur e em conjunto com o Governo Estadual, Conselho Estadual de Turismo e entidades parceiras, para dar suporte ao trade que ainda vem passando por dificuldades durante esse período de crise sem precedentes. A pandemia ainda não acabou, então continuamos trabalhando as linhas estratégicas com vistas na recuperação do setor, pautadas nas premissas de segurança, protocolo e monitoramento”, ressalta Bruno Wendling, diretor-presidente da Fundtur MS.

Além das políticas públicas voltadas para o fortalecimento e retomada do setor, desde o início e durante todo o ano a Fundtur promove o turismo do MS com apoio a famtours, participação em feiras, eventos, capacitações e workshops de forma presencial, online e híbrida.

Ações de retomada e fortalecimento

Entre as ações de retomada do turismo de Mato Grosso do Sul, estão a atuação junto ao Conselho Consultivo do Movimento Supera Turismo, formado por empreendedores e lideranças do setor turístico como CEO de companhias aéreas e grandes empresas nacionais do setor. Destaque também para a contribuição da Fundtur, juntamente com o programa Decola MS, na retomada da malha aérea para o MS no período da pandemia e pedidos de novos voos par ao próximo ano.

A Fundação de Turismo descentralizou recursos e publicou editais de apoio a projetos voltados para OSCs e prefeituras das regiões turísticas. Até agora, foram destinados R$ 1.380.000,00 em recursos para a execução de ações de fomento e apoio a eventos geradores de fluxo turístico, visando apoiar ações de retomada do turismo no Mato Grosso do Sul e a ação vai continuar em 2021.

Este ano foram desenvolvidas três campanhas promocionais. De olho na retomada segura da atividade turística, a Fundação de Turismo de Mato Grosso do Sul desenvolveu a campanha intitulada ‘Vem, mas vem de máscara!’, que prioriza a conscientização de turistas diante da necessidade de utilizar protocolos de biossegurança. E já estão prontas: uma campanha regional, com o objetivo de divulgar o MS para os próprios sul-mato-grossenses, mostrando as diversas opções de atrativos incríveis que o estado oferece; e ainda uma campanha nacional/internacional que pretende divulgar o MS para os turistas de outros estados e países (será veiculada também em inglês e espanhol), mostrando as diversas opções de atrativos incríveis que o estado oferece para todos os gostos, de aventura a tranquilidade, de vida selvagem a gastronomia. Essas duas campanhas serão lançadas em 2021.

Selo Safe Travels e posicionamento

MS foi um dos primeiros estados brasileiros a conquistar o selo internacional de turismo seguro ‘Safe Travels’, criado pelo Conselho Mundial de Viagens e Turismo (WTTC – World Travel & Tourism Council), como resultado dos procedimentos trabalhados de forma correta especialmente em Bonito, Miranda e Corumbá que também desenvolveram protocolos municipais, com iniciativas e apoio das entidades Visit Pantanal, Sebrae/Sesi e Acert (Associação Corumbaense das Empresas Regionais de Turismo).

O selo internacional ‘Safe Travels’ soma-se ao selo ‘Turismo Responsável – Limpo e Seguro’, do Ministério do Turismo, e também à campanha sul-mato-grossense ‘Vem, mas vem de máscara’.

COMPARTILHAR