Na manhã desta terça feira (17), o prefeito Maurílio Ferreira Azambuja, acompanhado de secretários municipais com a presença de segmentos de todos os setores da comunidade fizeram uma reunião extraordinária para discutir o Coronavírus. Participaram da reunião , Presidente da  Assema, presidente do Sindicato Rural, presidente do Sindicato do Funcionários Públicos, presidente do Sindicato os professores, Diretor Técnico  do Hospital, representantes religiosos e representantes das escolas particulares, ficou definido que as aulas da rede municipal  vão ser suspensa, bem como as particulares, uma vez que os participantes das escolas particulares resolveram aderir a paralisação; que é  por tempo indeterminado, ficou definido também a realização de qualquer reunião ou evento que envolva mais de 10 pessoas, como culto ou missa, além e toda a atividade esportiva no município, show e festas. O prefeito disse que o decreto será assinado ainda nesta terça feira.

 

Tais medidas vão em conformidade com recomendações da OMS – Organização Mundial de Saúde e do Ministério da Saúde. Bem como visam preservar a comunidade maracajuense e também evitar a proliferação do vírus que já conta com casos confirmados em Mato Grosso do Sul.

Segundo o prefeito Maurílio, não existe caso em Maracaju, mas a prevenção é o melhor remédio e devemos estar atentos

“Estamos trabalhando de forma conjunta e seguindo recomendações do Ministério da Saúde e OMS para que esse vírus não se prolifere e recomendamos a população que evite aglomerações, bem como siga as recomendações de cuidado e prevenção ao Coronavírus.” Enfatizou Maurílio. Ele disse também para que as pessoas evitem sair de casa, só por necessidade, além disso, que as crianças não vão a escola ou aulas esportivas, mas devem ficar em casa de nada adianta suspender as atividades e as crianças ficarem nas ruas.

 

COMPARTILHAR