Na tarde desta segunda-feira (11/01) o prefeito Marcos Calderan, juntamente com o vice-prefeito Mauro Christianini, secretário de saúde Thiago Caminha, Secretária de Educação Carolina  Souza e Procurador geral Alessandre Vieira foram recebidos no Ministério Público pelo Promotor Estéfano Rocha para uma reunião.

 

 

A pauta da reunião primeiramente foi a apresentação da nova administração e em seguida os assuntos tratados foram para avaliar o decreto municipal 325/20 que estabelece as regras para funcionamento de estabelecimentos comerciais durante a pandemia de COVID-19, adotando como parâmetro o Programa Prosseguir do Governo Estadual.

 

 

Conforme determina o documento firmado na gestão anterior, devidamente acordado entre município e Ministério Público, toda e qualquer alteração na política de prevenção à Covid-19 precisa ser adotada em comum acordo com o representante do Ministério Público Estadual no município.

 

 

Preocupados em manter um equilíbrio entre a economia local e a saúde da população, os novos gestores levaram as demandas e pleitearam flexibilizações no Decreto Municipal firmado no ano passado, sempre respeitando as regras como distanciamento social, uso de máscaras, atendimento limitado a 40%, conforme determina os órgãos de saúde.

Ficou acordado que o município se reunirá na próxima quarta-feira 13-01 para definir novas regras de biossegurança, envolvendo uma maior fiscalização dos estabelecimentos comerciais, dando condições para que todos possam trabalhar, garantindo assim a manutenção de empregos e respeitando a questão de saúde pública que todo o planeta enfrenta.

 

“Temos um compromisso com a saúde de nossa população, mas também temos a preocupação com o comércio, escolas, igrejas e todos os setores que já estão prejudicados pela pandemia, vamos trabalhar incessantemente para criar um Plano de Biossegurança que venha atender a demanda do Ministério Público e que possamos o quanto antes e com total segurança, flexibilizar algumas medidas. Maracaju é uma terra forte e pujante, com a força e união, vamos atender a todos, preservando empregos e a saúde de nossa gente”, afirmou o prefeito.

 

 

No entanto a decisão final e as novas medidas, deverão ser divulgadas após reunião de quarta-feira que será montada nossas diretrizes de biossegurança que passarão por aprovação do Ministério Público, atualmente permanece em vigor o atual decreto de 2020.

Autor:Matéria: Paola Cenedesi; Assessor de Comunicação Responsável Tiago Rodrigues DRT 1785/MS
COMPARTILHAR