Nesta terça-feira, 21, o Diretor do Departamento Agropecuário, Eloar Castelaci  e o Engenheiro Agrônomo Élio Kokehara estiveram reunidos com um grupo de oito produtores do Quilombo São Miguel  para dar início a um projeto de produção de ovos.

O projeto tem por finalidade no primeiro momento, a produção é para atender o consumo da comunidade, que hoje conta com mais de setenta famílias que já estão inseridas na produção de hortifruti, doces, farinha, mandioca, pamonha e outros que estão legalizados pela inspeção municipal e com análises laboratoriais dos produtos manipulados.

Esses produtos são comercializados na merenda escolar, na Assistência Social, feiras livres e mercearias e supermercados da cidade.

Num futuro próximo, com a produção de ovos em média escala (350 ovos dia) e com a legalização sanitária, será inserido também na merenda escolar e todos os outros gargalos de comercialização existentes na cidade.

Do início do projeto até chegar a produção deve levar em torno de sete meses.

O pontapé inicial já foi dado com a construção dos galpões e organização para a compra dos primeiros lotes de poedeiras.

Eloar diretor do Departamento Agropecuário diz ser mais um desafio em realizar esse projeto, pois a legalização para comercializar produtos de origem animal é muito burocrático. Mas vamos vencer e conquistar mais essa vitória para essa comunidade que tanto se dedica ao trabalho de produzir produtos de qualidade para nossas crianças na merenda escolar e para a população.

O prefeito Maurílio Ferreira Azambuja disse é mais um esforço do município que tem por finalidade ajudar a coletividade e principalmente quem produz.” Até o último dia do mandato vamos agir assim, trabalhar pela coletividade fazer pelo todo, nem pensamos o individual, e sempre com parcerias, por isso os resultados são positivos” disse Maurílio

COMPARTILHAR