Funasa libera mais de R$ 3 mi para saneamento no Mato Grosso do Sul

A Fundação Nacional de Saúde (Funasa) continua trabalhando por mais benefícios nas cidades em Mato Grosso do Sul. Por meio de sua superintendência estadual no estado (Suest/MS), liberou, nesta semana, recursos que totalizam a ordem de mais R$ 3 milhões, cujo objetivo será o de aumentar o acesso ao saneamento básico para os habitantes dos municípios de Eldorado, Maracaju e Deodápolis.

Os repasses irão aumentar o acesso ao saneamento básico aos sul-mato-grossenses

Por meio do convênio nº 741/16, que conta com a contrapartida da prefeitura, o município de Eldorado, situado na região sudoeste do estado e à 373,45 Km da capital, Campo Grande, recebeu, no dia 20.03.18, a terceira parcela no valor de R$ 480.000,00. Essa verba destina-se à implantação do sistema de abastecimento de água (SAA) no Assentamento Floresta Branca, com execução e recuperação de poços artesianos e irá beneficiar 800 famílias que vivem no local.

Deodápolis, com recursos do Governo Federal e contrapartida do governo estadual, por meio do convênio º 389/14 está sendo beneficiada com o financiamento na ordem de R$ 680.136,50. Essa liberação visa a ampliação e melhorias do sistema de abastecimento de água do município, que prevê a implantação de poço tubular profundo, adução, reservação, estação elevatória, rede de distribuição que permitirão atender a atual e futura demanda do município, localizado a 140 km da Capital, também no sudoeste do MS.

 

A ETE de Maracaju irá beneficiar cerca de sete mil habitantes da área urbana

Para dar continuidade às obras da ampliação do sistema de esgotamento sanitário, Maracaju, localizado à 160 Km de Campo Grande, a Funasa liberou para este município a soma de R$ 1.977.594,07, referente à quarta parcela do convênio nº 171/12, que tem a contrapartida do governo estadual do MS.

De acordo a Funasa em Mato Grosso do Sul, esta obra encontra-se em fase avançada e pode ser avaliada como um dos empreendimentos mais consideráveis em termos de projeto e execução no estado que irá beneficiar cerca de sete mil habitantes de sua área urbana.

O acesso ao saneamento irá promover a melhoria na qualidade de vida

Também como parte das liberações em 2018, no início do mês de março (07), o município de Ribas do Rio Pardo recebeu a segunda parcela do convênio nº 123/11, no valor de R$ 103.882,50 que tem como meta a elaboração do seu Plano Municipal de Saneamento Básico (PMSB). Conforme a Lei nº 11.445/2007, a elaboração do PMSB é obrigatória, além de necessário para o acesso a recursos de programas federais.

Mais informações

Setor de Comunicação Social – Socom/Funasa/Suest-MS

Tel.: 67 3325-1499/4308 ramais 403/404

 

 

 

 

 

 

COMPARTILHAR