Morreu no início da tarde desta quinta-feira (30/9) no Hospital Unimed de Campo Grande, o ex-deputado estadual Ary Rigo. Ele tinha 74 anos e deu entrada na unidade de saúde na madrugada de segunda-feira (27/9), após sofrer uma queda no banheiro da casa onde morava.

Na terça-feira (28/9) a deputada Mara Caseira (PSDB) fez o anúncio do problema de saúde dele durante sessão na Casa de Leis.

Devido a queda, Ary Rigo teve uma hemorragia e precisou passar por duas cirurgias no cérebro, porém, não resistiu. Conforme o Campo Grande News, o genro dele, Daniel Navarro, disse que o ex-parlamentar sofreu parada cardíaca.

Rigo foi um dos fundadores da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul em 1979, onde cumpriu mandato como parlamentar por seis vezes.

Na época de transição do então Mato Grosso ‘uno’, ele ajudou na elaboração da constituição do Estado.

O ex-deputado também foi vice-governador na gestão de Pedro Pedrossian entre os anos de 1991 e 1994. Em 2010, teve o nome envolvido no escândalo que resultou na Operação Uragano, desencadeada em Dourados.

Ainda em 2010, ele perdeu nas urnas a tentativa de reeleição na Assembleia

COMPARTILHAR